segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Guarda municipal na segurança pública (Diário de Santa Maria RS). LEIAM ! É IMPERDÍVEL...

POR: GERSON DA ROSA PEREIRA
Major e comandante da Polícia Rodoviária Estadual da Brigada Militar

A Constituição Federal, no artigo 144, criou todos os organismos de segurança pública previstos no país. Surgiram a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Ferroviária Federal, as polícias militares e civis e os bombeiros militares, cada um com sua respectiva responsabilidade institucional. Não bastasse essa estrutura, propiciou-se a determinados municípios a possibilidade de criação de suas guardas municipais, desde que atendido um índice populacional.
Em que pesem as constantes propostas de governantes em instituí-las como a solução definitiva dos problemas de segurança, não podemos nos esquecer de seu verdadeiro papel no município, ou seja, o que deve fazer em sua jurisdição, que, no caso concreto, é tão somente preservar o patrimônio público. Traduzindo: realizar zeladoria na administração pública municipal.
Esse discurso remonta um projeto do governo de Fernando Henrique Cardoso, iniciado nele e dado seguimento pelo atual presidente, que promove a criação do Sistema Único de Segurança Pública (Susp). A visão estratégica do Susp é de implementar as guardas municipais, oferecendo como contrapartida investimentos nos municípios pelo governo federal.
No Rio Grande do Sul, como no país, já tivemos experiência similar na criação dos agentes de trânsito proposto pelo Código de Trânsito Brasileiro. A opinião pública pode traçar um paralelo quando confrontado o atendimento atual por esses agentes e o realizado pela Brigada Militar nas áreas de circulação urbana num passado não muito distante.
Com a criação das guardas municipais, teremos uma sobreposição de atribuições, sem falar que, criadas essas instituições, o atendimento continuará sendo dado pela Brigada Militar. Caso contrário, teremos – em tese – a usurpação de função pública, uma vez que, excedendo a guarda do patrimônio público municipal e realizando ações típicas de polícia, estariam ingressando num universo que não lhes compete, tampouco a Constituição lhes confere.
Muitos podem dizer: “Caro oficial, a lei processual assegura que todos podem prender em flagrante quem estiver no cometimento de crime, e as autoridades policiais devem fazê-lo, portanto, as guardas municipais estariam num exercício regular!”. É uma afirmação quase verdadeira. Contudo, essa ação muitas empresas privadas de segurança já fazem, e não me recordo de que tenham adotado outras medidas que não a de pedir a ação da Brigada Militar. Cabe à sociedade, portanto, refletir, fazer as contas (já que seu imposto é que vai ser empregado) e concluir se precisamos de mais alguém na segurança pública.

UMA RESPOSTA AOS "COMENTS" DO ILUSTRE MAJOR DA 
BRIGADA MILITAR DO GRANDE, RIO GRANDE DO SUL.

1º Parágrafo:

A constituição da República Federativa do Brasil, em seu Artigo 144 NÃO GARANTE EXCLUSIVIDADE DE POLICIAMENTO a NINGUEM, ao contrário meu caro Oficial, ela diz CLARA e TEXTUALMENTE, "DIREITO DE TODOS, DEVER E RESPONSABILIDADE DO ESTADO", e Estado ("E" maiúsculo é ORGANIZAÇÃO POLITICO ADMINISTRATIVA, É ENTE FEDERADO, É A UNIÃO FEDERAL, OS ESTADOS FEDERADOS E A CÉLULA MATER DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, O QUAL SE DENOMINA "MUNICIPIO"), outra afirmação sem lastro técnico e jurídico de VERDADE é o "QUANTITATIVO POPULACIONAL", caro Oficial Brigadiano do grande estado do Rio Grande do Sul, com a máxima vênia se me permite, V.Sª. equivocou-se no seu "coment" leu a Lei 10.826/03 (Estatuto do Desarmamento) e interpretou a Carta Magna, a Constituição da República Federativa do Brasil, mesmo que desejasse NÃO PODERIA TRATAR OS MUNICIPIOS de forma DISCRIMINATÓRIA, pois estaria fazendo o que em Direito Público chamamos de "AMBIGUIDADE", pois lá no seu comecinho está escrito nas CLAUSÚLAS PÉTREAS (Aquelas que NAO PODEM SER MUDADAS, nem com chuva de marreta sem cabo e canivetes abertos) -QUE TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI, e que o propósito da REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL é uma SOCIEDADE JUSTA E IGUALITÁRIA, então não poderia colocar QUANTITATIVO POPULACIONAL para criação de orgãos, não vou nem adentrar a AUTONOMIA POLITICO ADMINISTRATIVA DE QUE GOZAM OS MUNICIPIOS, seria muita carga de letras, os Prefeitos ou as Câmaras Municipais CRIAM GUARDAS MUNICIPAIS E PRONTO! (Se não fosse a pressão contrária é lógico, reuniões as escondidas, ameaças veladas, charminhos e blá blás no ouvido dos pobres ignobeis eleitos para tentar dirigir as cidades, porquê aqui ninguem nasceu ontem...) LEIA MAIS...


FONTE: http://milicianomunicipal.blogspot.com/
RESPOSTA ESCRITA POR:  Elvis de Jesus
                                             Insp Reg GCM
                                        São José dos Campos SP

domingo, 30 de janeiro de 2011

INFORMAÇÃO SOBRE O CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL, ENVIADOS VIA OFÍCIO AO CMT. DA GMC.

O Cmt. da Guarda Municipal de Cristalina  Srº. Luiz Cezar Marquês, recebeu na última quinta-feira um  ofício enviado pela Secretária de Administração Sandra Aparecida da Silva( Ofício n°24/2011) Assunto: Informações sobre o Concurso Público Municipal. No Ofício a Secretária Apresenta cópias das Leis Municipais que alteram o quantitativo de vagas existentes na extrutura municipal. LEIA PARTE DO OFÍCIO:
"
Senhor  Comandante,
        A par de comprimentos venho pelo presente apresentar cópias das Leis Municipais que alteram o quantitativo de vagas existentes na extrutura municipal, cujos números são 2.043, 2.045 e 2.048 e informar que foi passado a esta guarnição, de forma errônea informação sobre o concurso público  a ser realizado pelo município, como se o número ali escrito fosse para chamamento via concurso, o que é mentira.
        Este aumento de vagas em cargos de provimento efetivo não é e nunca foi feito como vagas a serem disponibilizados via concurso público. Trata-se de formalismos de Lei, onde em cada cargo tem-se um limite de admição, na forma inclusive determinada via TCM, fartamente disciplinado via resolução. Em alguns cargos já estávamos neste limite, não sendo possível fazer concurso para vários cargos, sendo necessário ampliar estas vagas. Como o custo de um concurso público é elevado e a duração do concurso poder ser estendida para até quatro anos, pediu-se para aumentar essas vagas já pensando ao longo de no mínimo quatro anos, para não ser necessário a cada mês estar enviando projeto de Lei a Câmara Municipal alterando estas vagas.
        Solicito a divulgação desta informação, retirando do blog a informação fornecida de forma errada, cumprindo assim com o papel primordial de informar o cidadão.
        Sendo o que se apresentava,
      
        Cordialmente,
     
                      Sandra Aparecida da Silva
                  Secretária Municipal de Administração                    "
       
No Ofício a Secretária apresenta a quantitade real de vagas e cargos que serão disponiblizados no concurso,  no entanto não apresentou data para a realização do mesmo. Veja na tabela abaixo as vagas  e cargos.
CARGOS E QUANTITATIVOS
CARGO

QUANTITATIVO
Agente de Combate a Endemias
09
Agente Comunitário de Saúde
10
Agente de Limpeza Urbana
05
Almoxarife
02
Auxiliar Administrativo
10
Auxiliar de Consultório Dentário
05
Auxiliar de Serviços Gerais
20
Bombeiro Hidráulico
01
Borracheiro
01
Carpinteiro
02
Contínuo
02
Copeiro
01
Cozinheiro
02
Fiscal de Tributos
01
Fiscal da Vigilância Sanitária
01
Guarda Municipal
10
Instrutor de Artesanato
01
Jardineiro
02
Marceneiro
01
Mecânico Eletricista
01
Mecânico de Equipamentos Rodoviários
01
Merendeiro
03
Mestre de Obras
01
Motorista
11
Operador de Computador
05
Operador de Equipamentos Rodoviários
04
Pedreiro
01
Protocolista
01
Recepcionista
02
Técnico em Enfermagem
10
Técnico em Raio-X
02
Telefonista
01
Vigia
14
●Todos os aprovados acima do quantitativo de vagas oferecidas, ficarão no cadastro de reserva técnica, observada a estrita ordem de classificação, na forma da lei.
● Fonte: Processo nº 20.407/2010
 CARGOS E QUANTITATIVOS
Magistério
Professor P-II
Carga horária: 30 horas semanais
ESPECIALIDADE

ÁREA URBANA
ÁREA RURAL
Pedagogo
36
27
Letras
02
09
Matemática
01
03
História
02
06
Geografia
00
02
Educação Física
03
02
Ciências
01
02
Artes
00
01

CARGO

ÁREA URBANA
ÁREA RURAL
Assistente de Creche
19
08
Auxiliar Administrativo
04
06
Auxiliar de Serviços Gerais
28
17
16
08
Vigia
10
08
●Todos os aprovados acima do quantitativo de vagas oferecidas, ficarão no cadastro de reserva técnica, observada a estrita ordem de classificação, na forma da lei.
● Fonte: Processo nº 20.407/2010

CARGOS E QUANTITATIVOS
SAÚDE – CURSO SUPERIOR
CARGO

QUANTIDADE
Assistente Social
01
Biomédico
01
Cirurgião Dentista- Clínico Geral
01
Cirurgião Dentista- Endodontia
01
Cirurgião Dentista- Odontopediatria
01
Cirurgião Dentista- Periodontia
01
Enfermeiro
06
Farmacêutico- Bioquímico
01
Fisioterapeuta
01
Fonoaudiólogo
01
Médico- Clínica Geral
09
Médico- Ginecologia / Obstetrícia
03
Médico- Anestesista
02
Médico- Pediatria
03
Médico- Oftalmologista
01
Médico- Cirurgia
03
Médico- Ortopedia
01
Médico- Cardiologia
01
Médico- Dermatologia
01
Nutricionista
01
Psicólogo
01
●Todos os aprovados acima do quantitativo de vagas oferecidas, ficarão no cadastro de reserva técnica, observada a estrita ordem de classificação, na forma da lei.
● Fonte: Processo nº 20.407/2010

FONTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE CRISTALINA/ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

PODER DE POLÍCIA DAS GUARDAS CIVIS MUNICIPAIS

         José Cretella Jr.Em 1989, preocupada com opiniões infundadas de pessoas leigas que questionavam as atribuições das Guardas Municipais, a AGMESP consultou essa autoridade a respeito da legitimidade das nossas ações na Segurança Pública.O parecer é técnico, devidamente fundamentado, e foi no sentido de que as Guardas Municipais podem e devem enfrentar a criminalidade, podem promover ações preventivas contra a violência e devem proteger as pessoas. Até hoje esse parecer não foi contrariado. Alias, a cada dia ganha mais consistência ...LER MAIS


    FONTE: http://inspetorfrederico.blogspot.com/
Claudio Frederico de Carvalho
Curitiba, Paraná, Brazil
Inspetor da Guarda Municipal de Curitiba. Bacharel em Direito, formado em 1997 pela UTP, com habilitações específicas em Direito Civil e Direito Penal. *Pós-Graduado em Ciência Política e Desenvolvimento Estratégico - IMEC. *Pós-Graduado em Direito Público - UniBrasil e Escola da Magistratura Federal do Paraná. *MBA em Gestão Pública - Faculdade OPET. *Membro da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-PR). *Docente dos Cursos de Formação Técnico-Profissional para Guarda Municipal de Curitiba e Região Metropolitana. *Conselheiro da Associação dos Servidores Públicos do Estado do Paraná. *Pós-Graduando em Direito Aplicado - Escola da Magistratura do Paraná.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Nova identidade civil dos brasileiros começa a vigorar em 2011

   O novo Registro de Identidade Civil (RIC), documento que gradativamente substituirá as atuais cédulas do RG, foi lançado na quinta-feira, 30 de dezembro, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro Luiz Paulo Barreto. Com investimentos de cerca de R$ 90 milhões custeados pelo Ministério da Justiça, os primeiros cartões serão expedidos em 2011 pela Casa da Moeda do Brasil.
   O ministro da Justiça ressaltou que o RIC é um dos mais modernos documentos de identificação do mundo: “O RIC é mais seguro e mais prático, uma vez que incorpora em um só documento diversos itens de segurança”. A nova identidade integrará o CPF e o título de eleitor, entre outros documentos. A incorporação de novas tecnologias ampliará a segurança do cidadão em diversos processos hoje realizados, como abertura de contas, operações bancárias, concessão de créditos, reduzindo a possibilidade de fraudes e prejuízos.
   Com o RIC, cada cidadão brasileiro passa a ser identificado por um único número em nível nacional, vinculado diretamente às impressões digitais e registrado num chip presente no cartão do RIC. Isso evita que uma mesma pessoa seja identificada por mais de um número de registro em diferentes estados da federação ou que o cidadão seja confundido com uma pessoa do mesmo nome. A vinculação do número do RIC às impressões digitais também impede que uma pessoa se passe por outra para cometer crimes, solicitar crédito ou cometer abusos.
O chip contido no RIC reunirá também informações como gênero, nacionalidade, data de nascimento, foto, filiação, naturalidade, assinatura, órgão emissor, local de expedição, data de expedição e data de validade do cartão, além de informações referentes a outros documentos, como título de eleitor, CPF, etc.
Ao longo de 2011 serão produzidos dois milhões de cartões RIC. As primeiras cidades a participar do projeto-piloto serão Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Hidrolândia (GO), Ilha de Itamaracá (PE), Nísia Floresta (RN) e Rio Sono (TO).
   Os cidadãos contemplados nesta etapa inicial receberão uma carta indicando a possibilidade de troca do RG pelo RIC, além do local onde o novo documento poderá ser retirado. A perspectiva é que a troca de todos os atuais documentos de identidade pelo cartão RIC seja feita num prazo de 10 anos.

FONTE:  Ministério da Justiça- Portal do Cidadão
www.mj.gov.br
Fonte foto: http://veja.abril.com.br/

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

TRÁGICO ACIDENTE NA BR 050 EM FRENTE AO POSTO LAMAR.

                                   Foto fonte: CORREIO DE CRISTALINA
                                   SITE:  WWW.CORREIODECRISTALINA.COM.BR

Um trágico acidente na BR 050 altura do km 98; em frente ao posto Lamar envolvendo um gol preto placa de Cristalina e um caminhão baú da Empresa Parmasium placa de Osasco São Paulo, tirou a vida do motorista do gol, um jovem de 22 anos Fabio Witctizak, filho de Rose e Gilmar Witctizak, natural de Cristalina. Este acidente ocorreu neste domingo 16/01/2011 por volta das 21:30 . A batida foi tão violenta que o jovem morreu na hora e o veículo que ele dirigia ficou totalmente destruído. Segundo relatou o motorista do caminhão o veículo gol que estava a uma velocidade de 160km, invadiu a pista contrária e colidiu de frente com o caminhão.

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

RETIFICANDO MATÉRIA (CONCURSO PÚBLICO EM CRISTALINA).

Caros amigos internautas, a respeito do quantitativo de vagas aprovadas para provimento do efetivo municipal  venho de público esclarecer à todos aqueles que acessaram o blog da GM nestes últimos dias, que, a quantidade de vagas segundo a Administração da Prefeitura Municipal não será aquela informada aqui no mesmo. Segundo informação obtida hoje dia 24 de Janeiro de 2011 com a Secretária de Administração e Governo Sandra Aparecida da Silva os cargos foram criados mas a quantidade de vagas e quais cargos serão oferecidos ainda não foram definidos. A Secretária explicou que ainda não há data prevista para a realização do concurso pois ainda não foi definida a instituição que aplicará e corrigirá a prova. Para fins de exclarecimento a informação  postada anteriormente neste blog foi obtida através de e-mail da Câmara Municipal de Vereadores.
 Portanto, reafirmo nosso compromisso com a verdade e ainda esta semana estarei postando uma nova matéria com exclarecimentos a respeito deste mal entendido.
OBS: Mas fiquem tranquilos e aproveitem para estudar porque este concurso vai sair.
Desculpem-nos e obrigado.

"GUARDA MUNICIPAL COMPROMISSO COM A VERDADE".

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM O PREFEITO LUIZ ATTIÊ

                                                                            
O Site Redecol Brasil entrevistou com exclusividade o prefeito de Cristalina, Luiz Carlos Attié, que foi eleito nas eleições municipais do dia 05 de outubro de 2008 após receber 11.380 votos, 52,91% dos votos válidos. Na entrevista, Attié fala sobre saúde, educação, indústria e emprego, concurso público municipal, seus projetos para os próximos dois anos de governo e também como está sua relação com os vereadores e Câmara Municipal.
Olivar ao lado de Attié

RCB: Senhor Prefeito, para começar esta entrevista gostaria que fizesse um comparativo de sua gestão frente ao executivo municipal com a gestão passada, onde o município mais avançou e onde ainda precisa melhorar?

Pref. Luiz Attié: Não é meu forte comparar meu trabalho com os dos prefeitos anteriores. Prefiro falar dos problemas que encontramos em primeiro de janeiro de 2009 e a forma como os enfrentamos. Primeiramente, não tenho compromissos com políticas antigas. Sou leal ao meu grupo, que me elegeu, mas tenho a liberdade, inclusive por acordo com meus companheiros, em dar uma cara nova a política de Cristalina. Tratar com objetividades os problemas da nossa cidade, que muitos insistiam em manter Cristalina em um tamanho diminuto, tanto no aspecto econômico como social. Pela minha formação acadêmica, profissional, de vida, enfim, me permitam ser moderno nas minhas convicções, estamos fazendo a nossa população acreditar mais na cidade e no nosso futuro. Dando oportunidade aos jovens de criarem, pensarem na cidade da inclusão social, enfim, se verem incluídos no futuro da cidade. Uma cidade bonita, que tenha atividades econômicas pujantes, entretenimentos, motivos para nos orgulharmos. Encontramos uma cidade em que as pesquisas indicavam que o nosso maior problema era o desemprego. Prometemos criar em 5 anos, 5.000 empregos. Criamos 10.000 em apenas 2 anos. Estamos capacitando nossos jovens para cada vez mais ocuparem as vagas que a cada dia aumentam mais, na indústria, no comercio e na prestação de serviços.

RCB: Como é o relacionamento da Prefeitura com a Câmara Municipal? Existe uma crise entre o Executivo e Legislativo?

Pref. Luiz Attié: Hoje, com a eleição do vereador Olivar Caetano, meu aliado, do meu partido, o DEM, não existe mais crise de convergência. A sociedade atenta deu o seu veredicto, o seu basta. Ou executivo e legislativo caminham juntos ou as urnas de 2012 falarão muito alto. O povo quer projeto. Quer trabalho, menos politicagem e mais ação. Tem vereador que se diz oposição, mas não sabe o que é isso. No mundo moderno se faz oposição com disposição. Fazemos oposição a qualquer coisa trazendo benefícios ainda maiores para o município e não simplesmente atrapalhando o prefeito de trabalhar. Nas últimas eleições estaduais e federal, vimos muitos vereadores apoiando os seus candidatos, será que todos eles fizeram compromissos para o povo de Cristalina??? Quero que a população faça essa pergunta. Vi um dia desses num twitter qualquer um vereador pedindo emprego para o seu deputado eleito. Seria isso ajudar Cristalina? Estaria este vereador sendo ético para com a cidade que o elegeu?

RCB: Os projetos oriundos do Executivo estão sendo aprovados pelos Vereadores? Como o senhor avalia o papel da oposição dentro da Câmara Municipal?

Pref. Luiz Attié: Nossos projetos são todos em favor do povo de Cristalina. A população aprendeu a governar com os seus entes políticos. Os projetos de interesse do povo foram todos aprovados. Nunca enviamos um projeto que não fosse de interesse público, alguns até inusitados, que vão mudar a vida e a nossa cidade, como a criação da TERRACRIS, Fundação Georgea Cristina – Hospital do Câncer de Cristalina, reforma fiscal, administrativa, a preservação ambiental, com a municipalização da outorga local, da história e a preservação de Cristalina Velha e muitos outros.

RCB: Cristalina é hoje uma das cidades mais promissoras do Estado de Goiás, como transformar esse potencial desenvolvimentista em benefícios para a população local?

Pref. Luiz Attié: Primeiramente, mostrando a toda a população que esta é a nossa grande realidade. Conclamando a todos a não perdermos esta oportunidade que está passando a nossa frente. Aproveitar a grande produção agrícola, trazendo indústrias do gênero alimentício. Abrindo nossas fronteiras urbanas para a construção de áreas para a pequena e média indústria, shoppings, etc. Construção de unidades residenciais no modelo Minha Casa, Minha Vida, e outras construções mais arrojadas como as que estão em andamento. Produzir aqui, gerar empregos aqui, o povo consumir no nosso comércio, são atitudes para melhorar nossa economia e atrair novos comércios.

RCB: Em 2010 Cristalina ganhou 3 indústrias alimentícias que gerarão ao longo dos anos milhares de empregos, o que deve ser feito para que estes empregos sejam ocupados pelos cristalinenses?

Pref. Luiz Attié: Capacitar nossa mão de obra. Trazer universidades para cá. Enfim, trazer os nossos jovens de volta. Verificamos que Cristalina, em 1º de janeiro de 2009, tinha crianças e idosos, poucos jovens. Jovens têm que ter atrativos econômicos, sociais e perspectivas de futuro. Estamos envolvidos em todas essas áreas, firmar a juventude aqui, na sua cidade. Fico feliz quando revejo amigos trabalhando nas indústrias e que antes corriam atrás de emprego público, muitas vezes mal qualificados e mal remunerados, hoje com perspectivas de crescimento.

RCB: Na sua campanha para prefeito, uma das principais promessas era a instalação de um campus da UNB em Cristalina, com a crise institucional que abalou o Distrito Federal e culminou com a prisão e afastamento do Governador José Roberto Arruda ainda é possível sonhar com a UNB aqui no município? E quanto ao Centec o que a prefeitura tem feito para que efetivamente funcione?

Pref. Luiz Attié: Quanto a UnB, realmente, creio não ser possível concretizar este sonho, pelo menos por enquanto. É um projeto se encontra em tramite na própria UnB, mas hoje, sem o apoio do Governo do DF. Temos o campus universitário, pronto para receber universidades. Muitas se interessam, estão em conversações, esperamos que os resultados sejam positivos para o bem de Cristalina. Quanto ao CENTEC, todos sabemos que ele foi inaugurado pelo menos umas 3 vezes. Começou errado, gestões passadas doou aquele prédio fantástico ao Estado e pouco, ou nada, se pediu em troca. Pedi a revisão do contrato, ao invés de doar o prédio ao Estado, queremos compartilhar o horário das aulas e utilizar o prédio para outras atividades municipais. As obras de fechamento e adaptações já foram concluídas, estamos esperando o novo governo para prosseguir. Era para ter o vestibular neste último semestre, não deu, vamos cobrar para este início de ano.

“Vamos ter o nosso Hospital do Câncer. Esta é a minha palavra!” 
Luiz Carlos Attié
RCB: Em maio deste ano o Hospital Municipal de Cristalina foi destaque na imprensa nacional quando o Ministério Público encontrou armazenado em um banheiro, fetos e outros materiais biológicos, o que está sendo feito para melhorar o sistema de saúde do município? O senhor lançou a Pedra Fundamental do Hospital do Câncer de Cristalina, como está o andamento desta importante obra?

Pref. Luiz Attié: O Hospital Municipal Chaud Salles é um dos ícones do nosso atraso. Em 30 anos, praticamente nada se fez. E a população aumentou pelo menos umas oito vezes. O que aconteceu foi um somatório de procedimentos errados, tanto na área medica como administrativa. O descaso levou ao que todos sabem. Da nossa parte, abrimos o Hospital à fiscalização do Ministério Publico, pois é nossa obrigação deixar as investigações acontecerem. Foi o meu lema e continuará sendo até o fim do meu mandato. Investigar tudo. Creio que houve um exagero da imprensa sensacionalista, mas o ocorrido serviu para que tomássemos consciência de que aquilo ali era uma bomba relógio, prestes a explodir. Estamos em obras, nesta semana entregamos o centro cirúrgico e materno infantil à população. Moderníssimo e eficaz. Desconheço instalações mais modernos e eficientes como esta. Assim será todo o HMCS – Hospital Municipal Chaud Salles, com inauguração prevista para o próximo aniversário de Cristalina em 18 de julho de 2011.  Vamos inaugurar também neste dia, a UPA, Unidade de Pronto Atendimento. É um hospital 24 horas que vai desafogar o Chaud Salles. Com relação ao Hospital do Câncer, criei uma fundação, nos moldes da fundação Pio XII, de Barretos/SP, a Fundação Georgea Cristina. Este projeto é a menina dos meus olhos. O projeto de arquitetura acabou de ser concluído por uma empresa especializada de São Paulo. Em breve a maquete será exibida no saguão do Palácio Ettiene Lepesqueur. Sua diretoria já foi formada, e composta por pessoas, homens e mulheres, de aquilatado conhecimento e comprometimento com a causa e com a nossa cidade. Em no máximo 60 dias estarão apresentando a população, não só o projeto, como também a atuação da sua diretoria. Vamos ter o nosso Hospital do Câncer. Esta é a minha palavra!

RCB: Toda a população de Cristalina quer saber quando será realizado um concurso público municipal? Já existe algum estudo acerca dos setores que mais necessitam de pessoal e o quantitativo de vagas que serão disponibilizadas?

Pref. Luiz Attié: O projeto do concurso já foi aprovado em Lei Municipal, no apagar das luzes do ano passado. Encontra-se na Secretaria Administrativa para os procedimentos públicos para a realização do concurso. Ampla divulgação será dada a população de Cristalina. Será um concurso com o seu processo transparente e democrático. Espero que os interessados tenham grandes oportunidades de serem aprovados. Afinal serviço público é a imagem correta do povo de uma cidade.

RCB: Em relação ao Povoado de São Bartolomeu e Distrito de Campos Lindos, quais os benefícios que a sua administração levou para estas localidades?

Pref. Luiz Attié: Confesso que objetivamente, fizemos gestão no governo federal e conseguimos desencalhar recurso para a construção do Ginásio de Esportes de São Bartolomeu, a totalização de 100% do asfalto e a feira do produtor que vamos fazer para melhorar o comércio e entrar no povoado recursos do consumidor que passa pela BR 40. Em Campos Lindos a situação é mais caótica. Fizemos um plano emergencial junto ao Ministério das Cidades e as obras objetivadas são de grande impacto. Por enquanto, vamos fazer uma praça (recurso já disponibilizado), cercamos a quadra esportiva, fizemos 8 novas salas de aula na Escola Souza Lima. Inauguramos no ano passado o Posto de Saúde e estamos revitalizando toda a iluminação de Campos Lindos. Passado o período chuvoso, melhorar as vias públicas que estão um verdadeiro lamaçal.

RCB: O senhor poderia citar as principais realizações do Governo Attié, bem como os principais projetos do seu governo para os próximos dois anos?

Pref. Luiz Attié: Além das realizações já citadas, acredito que o ganho maior seja a mudança de comportamento do nosso povo. Acreditando mais nas instituições, participando do processo político e democrático. Criando novas lideranças, mais positivas e sem demagogias. Geração de empregos e a atração de novas indústrias e comércio de alto nível que vão engrandecer e dar visibilidade tanto no Estado quanto no cenário nacional. Cristalina é o nosso maior e melhor produto! Nos próximos 2 anos quero concluir meu mandato, honrando cada vez mais o povo desta cidade. Agora sim, as obras entram em cena na cidade. Neste ano de 2011, importantes obras mudarão a vida do Cristalinense.

RCB: O Site Redecol Brasil agradece ao senhor pela atenção e principalmente por nos conceder esta entrevista, agradecemos também a Secretaria Municipal de Comunicação pelo profissionalismo e competência para atender aos órgãos de imprensa de Cristalina. Fique a vontade para suas considerações finais.

Pref. Luiz Attié: Agradeço a oportunidade de estar aqui com vocês e parabenizo iniciativas como estas. Cristalina carece de informações oficiais, corretas, honestas. O trabalho que vocês estão fazendo está valorizando e elevando o nível da imprensa de Cristalina. Parabéns e Feliz Ano Novo a toda a equipe do Redecol e a toda a nossa cidade.

Publicado por: Clodoaldo de Oliveira Lemes